Morreu na manhã deste domingo, 10, o escritor Sérgio Sant’Anna, aos 78 anos Featured

De acordo com o portal Uol, o vencedor de quatro prêmios Jabuti foi vítima de Covid-19. Ele estava internado há uma semana no hospital Quinta D’Or, no Rio de Janeiro. Um dos principais contistas do País, o autor carioca é considerado pela crítica um renovador do gênero.

O mais recente livro de Sant’Anna é o romance “Amazona”, publicado em 2019 pela Companhia das Letras. Ele também publicou “Anjo Noturno” (2017), “O Conto Zero e Outras Histórias” (2016), “O Concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro” (2014) e “Páginas sem Glória” (2012), entre outros, pela mesma editora.

Sant’Anna nasceu no Rio de Janeiro, em 1941. Além dos vários prêmios Jabuti, venceu três vezes o APCA e uma vez o prêmio da Biblioteca Nacional. Sua obra foi traduzida para o alemão, o italiano, o francês e o tcheco, além de ter sido adaptada para o cinema.

Irmã de Sérgio, a escritora Sonia Sant’Anna publicou a seguinte mensagem em sua página no Facebook:

“É tão estranho saber que não vou mais ver aquele que conheci no dia mesmo em que nasceu. Lembro bem, foi na casa Casa de Saúde São José, no Humaitá. Eu, a irmã mais velha, tinha 4 para 5 anos. Haviam me prometido uma irmã, que se chamaria Vânia, e fiquei braba quando me participaram o nascimento de um irmão, o hospital estava em falta de meninas. Mas quando olhei pelo vidro do berçário, lá estavam vários bercinhos ocupados e com laço rosa, sinal de que existiam meninas disponíveis. Eles é que tinham preferido pegar um menino. Depois me conformei e nos tornamos bons amigos”.

Morre o escritor Sérgio Sant’Anna, vítima de Covid-19, aos 78 anos

Fonts/Uol

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.