Com aumento de casos da Covid-19, eventos festivos em ambientes fechados voltam a ser proibidos no CE

Com aumento de casos da Covid-19, eventos festivos em ambientes fechados voltam a ser proibidos no CE

A medida já deve entrar em vigor na aplicação do próximo Decreto Estadual, que ocorre nesta segunda-feira, 26. A realização de eventos festivos em ambientes fechados voltará a ser proibida no Ceará, conforme informou o governador do Estado, Camilo Santana. O chefe estadual usou sua página oficial no Twitter, nesta sexta-feira, 23, para anunciar determinação

A medida já deve entrar em vigor na aplicação do próximo Decreto Estadual, que ocorre nesta segunda-feira, 26.

A realização de eventos festivos em ambientes fechados voltará a ser proibida no Ceará, conforme informou o governador do Estado, Camilo Santana. O chefe estadual usou sua página oficial no Twitter, nesta sexta-feira, 23, para anunciar determinação e afirma que ela foi tomada após reunião do Comitê de Saúde, levando em consideração o aumento de casos da Covid-19 em alguns municípios do Estado.

Segundo Camilo, a medida já entra em vigor na aplicação do próximo Decreto Estadual, que ocorre nesta segunda-feira, 26. Para explicar a decisão, o governador afirmou que o vírus ainda está em circulação e que esses tipos de ambiente contribuem para a disseminação dele.

“Nossos especialistas de saúde apresentaram argumentos e estudos que apontam serem esses locais fechados os maiores disseminadores do coronavírus neste momento, com maior potencial de risco de contaminação, principalmente quando não há o uso da máscara”, afirmou.

Santana demostrou ainda preocupação com o aumento de casos em algumas cidades, informando que o vírus tem atingido de forma mais intensa pessoas entre 20 e 39 anos. Apesar disso, o governador afirmou que o Estado não tem previsão para entrar em um novo lockdown, negando boatos.

” Não há qualquer previsão nesse sentido. Esse aumento recente de casos em algumas áreas mostra que não podemos relaxar nos cuidados, porque a pandemia continua, mas sem necessidade, neste momento, de medidas mais extremas”, afirmou Camilo.

Fontes: D/N

Juca
Juca
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

ÚLTIMAS POSTAGENS

COLUNISTAS

COMENTADO

VÍDEOS EM DESTAQUE