Uniseg 3 é inaugurada e reforça a segurança do bairro Conjunto Ceará | Central de Notícias Cariri

Uniseg 3 é inaugurada e reforça a segurança do bairro Conjunto Ceará

A nova Uniseg integra os bairros Conjunto Ceará I e II, Genibaú e Granja Portugal e conta com uma Delegacia de Polícia Civil, uma Companhia da Polícia Militar e um quartel do Corpo de Bombeiros

Reestruturar o Sistema de Segurança Pública, incluindo uma maior aproximação dos serviços ofertados pela Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Perícia Forense com a comunidade. Essa é a proposta da Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) do Ceará, que teve a terceira iniciativa instalada em Fortaleza na manhã deste sábado (22), pelo governador Camilo Santana, no Conjunto Ceará. Com a ação, que integra o Pacto por um Ceará Pacífico, todo o efetivo que atendia a região foi reforçado, os equipamentos modernizados e o atendimento social por parte da Polícia incrementado.

“Numa Uniseg, integramos todas as forças policiais, com ações pedagógicas, com a presença de crianças. Com o sistema de segurança focado em quatro bairros, haverá presença maior da polícia. Antes tinham apenas 50 PMs, agora são 240. Antes eram apenas três viaturas e agora estamos recebendo 13 novas. Antes não tínhamos motos e agora temos nove, além de uma unidade móvel para circular e falar com a população. É importante reforçar o efetivo, mas é preciso dialogar com o povo, pois somos servidores. É importante a prevenção. Vim anunciar uma grande obra que é a reforma do Polo de Lazer do Conjunto Ceará, que inclui uma brinquedopraça, reforma nas quadras, pista de skate, campo de futebol. Quero licitar o mais rápido possível para começar ainda esse mês”, anunciou o governador.

A nova Uniseg integra os bairros Conjunto Ceará I e II, Genibaú e Granja Portugal e conta com uma Delegacia de Polícia Civil (12º DP), uma Companhia da Polícia Militar (17º Batalhão da PM) e um quartel do Corpo de Bombeiros (5ª Seção de Bombeiros).

A vice-governadora e coordenadora do Pacto por um Ceará Pacífico, Izolda Cela, disse que esse olhar humano para a questão da segurança mostra que o Estado está indo pelo caminho certo. “Quero falar da minha alegria de estar aqui hoje entregando essa unidade, que chega para fortalecer as ações na área da segurança. Temos esperança de que esse reforço na ostensividade e esse espírito do policiamento comunitário, pouco a pouco traga os resultados que desejamos para vivermos em paz. Algumas ações são desenvolvidas e a integração com a comunidade é essencial, pois há muitas formas em que ela pode apoiar. Sabemos que estamos no rumo certo para vencer cada batalha”.

A delegacia conta com oito delegados, 15 escrivães, 26 inspetores e quatro viaturas. O contingente militar, que antes possuía 50 policiais, passa a ter 240 militares, com 13 viaturas e uma Base Móvel. Outra novidade é a implementação do policiamento em motocicletas, com nove veículos.

O efetivo dos bombeiros atua com 30 profissionais, com uma viatura Auto Bomba Tanque (ABT – de combate a incêndio), uma de salvamento, uma viatura administrativa para vistorias técnicas e uma motocicleta utilizada em ocorrências de vazamento de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP).

O secretário da Segurança e Defesa Social, André Costa, destacou que, além da atuação policial, a participação do povo é essencial para combater a insegurança. “O que muda hoje na vida dos moradores do Conjunto Ceará, Genibaú e Granja Portugal? Agora temos as melhores instalações, temos agora um número maior de policiais, vamos reforçar a equipe da Polícia Civil para aperfeiçoar as investiçações. Vamos dar um foco maior no trabalho da polícia comunitária. Essa guerra não vai ser resolvida sem a participação de vocês. Vocês cobram e nós ouvimos, pois buscamos dar o melhor retorno possivel”.

Representando os moradores, Ana Cristina, coordenadora do Projeto Criativo Conjunto Ceará, disse que a população está unida em nome de um bem comum. “Há muitos anos que não temos no nosso bairro a presença de um governador assim. Esperamos que esse seja um momento para construir ações efetivas na nossa comunidade. Temos muitos grupos que são ideologicamente diferentes, mas estamos juntos nessa luta. São importantes as ações sociais, as políticas para a juventude. Temos muita esperança que vamos trazer programas transformadores para nosso bairro”.

Estiveram também presentes na solenidade o secretário da Casa Civil, Nelson Martins; a secretária de Justiça, Socorro França; o deputado federal Odorico Monteiro; o deputado estadual Leonardo Pinheiro; o vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan; além de vereadores e lideranças comunitárias.

Melhorias

O prédio do 12º DP passou por reformas. O equipamento ganhou nova pintura, limpeza, reparações em ar condicionados, banheiros, na recepção do imóvel e iluminação no entorno, além de identificação visual apontando a existência da Uniseg. A delegacia também é equipada com uma máquina de identificação criminal.

As melhorias também alcançam áreas sociais nas comunidades. Existem três projetos do CBMCE na região: aulas gratuitas de judô na própria unidade; Projeto Bombeiro Saúde e Sociedade nas praças e espaços públicos (voltado para atividades físicas com idosos); e o Projeto Jovem Brigadista de Valor (JBV), que oferta práticas de combate e prevenção a incêndios e acidentes para jovens.

Nas atividades bombeirísticas, os serviços de vistorias serão intensificados. A Pefoce também deverá oferecer capacitação e treinamento aos agentes de segurança pública para melhor atender às demandas da população, especialmente no tocante à preservação de local de crime.

Atuando junto à comunidade

A terceira Unidade se junta as que já estão em funcionamento, desde o ano passado: Uniseg 1 (Vicente Pizon, Cais do Porto e Mucuripe) e Uniseg 2 (Meireles, Aldeota, Praia de Iracema e Varjota).

A delimitação da extensão territorial da Uniseg em quatro bairros possibilita uma assistência mais direcionada por parte das Forças de Segurança, de modo que os agentes possam desenvolver ações mais específicas, como projetos sociais dentro das comunidades.

Para isso, reuniões com representantes de Conselhos Comunitários de Defesa Social (CCDSs), de associações de moradores e com membros de outras entidades representativas são feitas periodicamente.

Notícias Relacionadas

Os comentários estão fechados






© 2015 CN CARIRI - Todos os direitos reservados.
Projetado por: Onsize Desenvolvimento de Sistemas Ltda