Fórum inicia mutirão de perícias e conciliações de processos das Varas Cíveis

Teve início nesta segunda-feira (26/10), no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania do Fórum Clóvis Beviláqua, mais um mutirão envolvendo processos do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT).

Estão previstas, até a próxima quinta-feira (29/10), 976 audiências de conciliação com ações oriundas da 15ª, 27ª e 28ª Varas Cíveis de Fortaleza.

Para a coordenadora do Centro, juíza Natália Almino Gondim, a expectativa é a melhor possível. “Esperamos que as partes compareçam em grande número, assim, naturalmente, iremos fazer mais acordos. Vale lembrar que o mutirão é de perícias e conciliações. Ou seja, na hipótese de não se chegar a uma conciliação, um julgamento breve será realizado, já que a perícia vai constar nos autos”, explicou.

Durante os trabalhos, as ações mais comuns analisadas são pedidos de diferença de indenização. Nesses casos, é apurado o grau de invalidez das partes causado por acidentes de trânsito.

Um dos beneficiados com a iniciativa foi Estélio Rolim Rodrigues, que sofreu acidente de moto no Município de Crateús e ficou com sequelas no corpo. Ele chegou a um acordo no valor de R$ 1.485,00. “Gostei demais do mutirão. Fui bem atendido e resolvi meu problema rapidamente”, disse.

Doze mesas, divididas em quatro salas, estão à disposição para as sessões conciliatórias. Já as perícias vão ficar sob responsabilidade de três médicos disponibilizados pelo Centro Judiciário. A força-tarefa tem a parceria da Seguradora Líder, administradora do consórcio responsável pelo Seguro DPVAT.

Notícias Relacionadas

Os comentários estão fechados




© 2015 CN CARIRI - Todos os direitos reservados.
Projetado por: Onsize Desenvolvimento de Sistemas Ltda