Polícia Civil esclareceu o caso da jovem que morreu no acidente

Polícia Civil esclareceu o caso da jovem que morreu no acidente

 A Polícia Civil indiciou, nesta segunda-feira (30), um homem de 19 anos após o suspeito confessar que o acidente que vitimou a jovem Laryssa Fernandes Feitosa da Silva, 18 anos, não foi ocasionado por uma colisão entre a motocicleta e um carro. O piloto da motocicleta confessou, em novo depoimento, que havia ingerido bebida alcoólica

 A Polícia Civil indiciou, nesta segunda-feira (30), um homem de 19 anos após o suspeito confessar que o acidente que vitimou a jovem Laryssa Fernandes Feitosa da Silva, 18 anos, não foi ocasionado por uma colisão entre a motocicleta e um carro. O piloto da motocicleta confessou, em novo depoimento, que havia ingerido bebida alcoólica e que nenhum carro colidiu com a traseira da moto em que estava a vítima.

O caso aconteceu na última segunda-feira (23), no bairro Lagoa Seca, em Juazeiro do Norte. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o suspeito, que não possuía antecedentes criminais, foi ouvido novamente na manhã desta terça-feira após mudar o depoimento e confessar ser o responsável pelo acidente.

O suspeito afirmou no dia do acidente que o acidente foi provocado após um carro colidir com a traseira da motocicleta em que a jovem Laryssa estava. A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

No novo depoimento, o suspeito confessou ter ingerido bebidas com álcool e perdido o controle da motocicleta. Diante das provas colhidas durante as investigações, o homem poderá responder por homicídio culposo no trânsito. As investigações sobre o caso continuam.

O caso aconteceu na última segunda-feira (23), no bairro Lagoa Seca, em Juazeiro do Norte. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o suspeito, que não possuía antecedentes criminais, foi ouvido novamente na manhã desta terça-feira após mudar o depoimento e confessar ser o responsável pelo acidente.

O suspeito afirmou no dia do acidente que o acidente foi provocado após um carro colidir com a traseira da motocicleta em que a jovem Laryssa estava. A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

No novo depoimento, o suspeito confessou ter ingerido bebidas com álcool e perdido o controle da motocicleta. Diante das provas colhidas durante as investigações, o homem poderá responder por homicídio culposo no trânsito. As investigações sobre o caso continuam.

Juca
Juca
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

ÚLTIMAS POSTAGENS

COLUNISTAS

COMENTADO

VÍDEOS EM DESTAQUE