Nova fase do programa contemplará 690 km de estradas estaduais

Desde 2015 em execução, o Ceará de Ponta a Ponta já beneficiou milhares de cearenses com a entrega de aproximadamente 1.600 km de malha viária, com investimento superior a R$ 1,25 bilhão. E este número irá aumentar a partir de nova ampliação das ações no programa de logística e estradas do Estado. O Governo do Ceará anunciou, nesta segunda-feira (7), que serão feitas intervenções em mais 690,96 km de rodovias. O pacote contempla 41 trechos em municípios de Norte a Sul do Estado. O investimento é de R$ 561.185.495,58, com recursos do Tesouro Estadual e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). As obras serão realizadas pela Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), por meio do Departamento Estadual de Rodovias (DER).

O governador Camilo Santana assinou os documentos para o início das obras, juntamente com prefeitos dos municípios a serem beneficiados, o secretário da Infraestrutura, Lucio Gomes, e lideranças políticas. Durante a solenidade, o chefe do Executivo realizou apresentação dos projetos de estradas e destacou a importância das obras para o desenvolvimento de todas as regiões do Ceará, com mais integração por meio de infraestrutura que corresponda às demandas do Estado.

“É um grande volume de investimentos que significa mais segurança nas estradas, mais oportunidades de escoamento da produção, mais emprego e movimento da economia, importante para o turismo também. São estradas reivindicadas durante muito tempo. Agora nós vamos unir esses municípios pelas estradas, e também desviar o fluxo de trânsito por dentro da cidade. Esse é um momento muito importante para investirmos no Ceará”, disse.

Camilo lembrou do balanço das obras executadas ao longo dos últimos três anos e também de importantes realizações em andamento por meio do programa. “Aqui é o anúncio do conjunto de investimentos deste pacote do Ceará de Ponta a Ponta. Lembrando que nós também vamos entregar toda a duplicação da CE 040 pronta, de Beberibe até Aracati, além da implantação de novas estradas que vão ser inauguradas ou reformadas”, exemplificou.

Programa

O Ceará de Ponta a Ponta surgiu em 2015 com o objetivo de requalificar a malha rodoviária com obras de restauração, pavimentação e duplicação das estradas cearenses, construindo os caminhos para o desenvolvimento do turismo, da indústria e do comércio.

As obras entregues já resultaram em transformações relevantes como: o deslocamento mais seguro no tráfego entre as cidades (diminuição em 27% no número de acidentes em rodovias estaduais nos últimos três anos), geração de empregos durante e depois das construções (70 a 100 novos postos por obra), melhoria no trabalho dos agricultores para escoar a produção, fortalecimento da cadeia do turismo, surgimento de novos negócios, além de mais acesso a serviços de saúde, educação e lazer para as populações de localidades antes afastadas de centros maiores por conta de difícil acesso viário.

Sobre o critério de escolha dos trechos a serem implantados, restaurados ou duplicados, o secretário da Infraestrutura, Lucio Gomes, explica que o Governo do Ceará tem levantamentos e analisa cada projeto de estradas para alcançar êxito nas intervenções e beneficiar o máximo possível os cearenses.

“O programa obedece um planejamento para que todas as regiões do Estado sejam contempladas. Dentro dos critérios de impulsionar o turismo, o comércio e também levando em conta a vida útil das estradas. O DER trabalha com os dados e controle de cada município e ajuda a definir junto ao governador os trechos que necessitam ser priorizados”, contou.

Trechos concluídos.

2015 – 454 km entregues e 17 novas estradas (investimento de R$ 272.630.054,44)

2016 – 780,33 km entregues e 20 novas estradas (investimento de R$ 672.978.348,77)

2017 – 365,35 km entregues e 37 novas estradas (investimento de R$ 334.570.577,93)

Notícias Relacionadas

Os comentários estão fechados






© 2015 CN CARIRI - Todos os direitos reservados.
Projetado por: Onsize Desenvolvimento de Sistemas Ltda