Suspeito de atuar em esquema que fornece celulares a presos no Ceará é solto após dois dias

Por G1 CE

O ex-coordenador do sistema prisional no Ceará suspeito de participação em um esquema criminoso que fornece armas para presidiários foi solto nesta quarta-feira (18), dois dias após a operação que revelou a organização.

O coordenador havia sido preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Por conta da operação, o ex-coordenador foi afastado do cargo por determinação da Justiça. Ele pagou fiança de um salário mínimo após audiência de custódia na manhã desta quarta.

O afastamento é de 60 dias. Nesse período, o Ministério Público vai investigar indícios da atuação do grupo; caso confirmado, o MP deve pedir a prisão dos servidores do estado envolvidos no crime.

Notícias Relacionadas

Os comentários estão fechados




© 2015 CN CARIRI - Todos os direitos reservados.
Projetado por: Onsize Desenvolvimento de Sistemas Ltda