Festas de fim de ano deixaram Barbalha tomada pelo lixo.

Após quase uma semana da festa de fim de ano, com o volume maior de pessoas nas ruas e praças de Barbalha, o que se pode perceber é a grande quantidade de lixo que ficou. Misturados no leito das ruas e nas calçadas das praças, copos, sacos e garrafas de plástico, embalagens e muitas latinhas de bebida. Quem decide caminhar pela cidade após festas como o Réveillon vive a desagradável experiência de sentir-se em pleno lixão. O acúmulo de lixo e restos de podas de árvore espalhados pelas ruas e avenidas de Barbalha têm preocupado os moradores.

Eles reclamam que o caminhão que coleta esse tipo de entulho parou de passar há semanas. Nos canteiros centrais da Avenida do Contorno, os entulhos estão acumulados há muitos dias, assim como em trechos das margens do canal na Avenida Costa Cavalcante.

Em ruas da chamada área nobre do Alto da Alegria também há muitos galhos de árvores jogados, deixando o trânsito quase que impraticável e dificultando a situação dos pedestres.. O mesmo ocorre em ruas de bairros como Cirolândia, Rosário e Nossa Senhora de Fátima. A prefeitura vinha disponibilizando uma coleta especial para isso, mas ao que parece, o serviço está paralisado.

Em esquinas de algumas ruas do centro, como é o caso das Coronel João da Cruz e Major Sampaio, além dos galhos, sacos cheios de folhagem, papelão, toras e pedaços de madeira e até lixo domiciliar.

Segundo o Departamento Municipal de Limpeza Pública, foi dada preferência à limpeza nos locais onde houve maior movimentação e, consequentemente, maior produção de lixo, mas os caminhões que fazem a coleta já voltaram a recolher o lixo normalmente em todos os bairros, inclusive na zona rural.

Redação Joselio Araújo

Notícias Relacionadas

Os comentários estão fechados




© 2015 CN CARIRI - Todos os direitos reservados.
Projetado por: Onsize Desenvolvimento de Sistemas Ltda