Projeto Ciclo de Reis 2017 abre com grande cortejo de brincantes e segue até dia 6 de janeiro

Mais de 40 grupos da tradição popular de Juazeiro do Norte, entre reisados, lapinhas, guerreiros e bandas cabaçais desfilaram pela rua São Pedro, desde a Prefeitura Municipal até a Praça Padre Cícero, na abertura do Ciclo de Reis, promovido pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura. O evento contou com a presença de mais de mil pessoas.

A programação com apresentações de grupos de tradição, terreiradas e homenagens aos mestres da Cultura foi iniciada nesta segunda-feira, dia 25, na Praça Padre Cícero, e vai até o Dia de Reis, 6 de janeiro. A primeira homenagem foi para a Mestra Margarida.

Nesta terça-feira, 26, as apresentações acontecem no bairro João Cabral, com o Reisado Estrela Guia, tendo como convidado Mestre Antônio, e no Triângulo, com o Reisado Frei Damião, com o Mestre Dedé.

O Prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra lembra que esse é um período em que a fraternidade está mais presente nas ações de todos. “Esse é um momento de grande alegria que nos remete à infância. Ver nossos grupos folclóricos se manifestando pelas ruas enche de alegria a todos nós juazeirenses”.

Arnon Bezerra acredita que ações como essa fortalece a imagem de Juazeiro do Norte e contribui para atrair a simpatia e as atenções dos turistas. O Natal é um presente de Deus que devemos celebrar sempre porque Juazeiro precisa, Juazeiro merece”, ressalta o Prefeito.

Encantamento

Acompanhados pela Banda de Música Municipal, os grupos chamaram a atenção pela organização do cortejo. Comerciantes da cidade elogiaram a iniciativa de criação do evento que, além de valorizar a cultura, traz para a cidade uma atração importante no calendário de festividades religiosas e culturais de Juazeiro do Norte.

Mesmo num trajeto com chuva, a alegria dos brincantes contagiou quem estava na rua principal do comércio da cidade. Já na praça Padre Cícero houve uma grande reunião dos grupos que se apresentaram simultaneamente. A Mestra Margarida fez uma breve apresentação.

A coordenadora do Projeto Ciclo de Reis, Maria Gomide, acredita que esse foi um dos maiores cortejos já vivenciados pela cultura popular em toda a Região do Cariri. “Algo raro e lindo aconteceu. Hoje é dia de festa e foi por isso que São Pedro lavou a rua para a cultura popular descer brincando”, comentou Maria Gomide.

Descentralização

O Secretário Interino de Cultura, Renato Fernandes, ressaltou que o Projeto Ciclo de Reis é uma grande festa da Cultura Popular, que tem o objetivo descentralizar as ações festivas em torno do período Natalino e das festas de Reis que acontecem tradicionalmente na cidade.

“A gente costuma dizer que a cultura em Juazeiro do Norte resiste, mas eu vou além disso. Nossa cultura se multiplica, porque a gente vê crianças e adolescentes brincando depois de uma chuva como essa. A cultura de Juazeiro está aflorando”, disse Renato Fernandes.

Ainda estiveram presentes no cortejo, o Secretário de Turismo e Romaria, Júnior Feitosa, e a Secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho, Isabela Bezerra, entre outros secretários do Município.

Ciclo de Reis

A Diretora do Núcleo de Arte e Cultura Marcus Jussier, Maria Gomide, lembra que a história conta que quando Jesus nasceu, a Estrela do Oriente brilhou no céu e guiou os três Reis Magos para visitarem o Menino Deus no presépio. Eles levaram 12 dias para chegarem ao lugar onde Jesus estava e isso é conhecido tradicionalmente como Ciclo de Reis.

Programação

A programação prossegue até o dia 05 em diversos bairros de Juazeiro do Norte e terá outro grande cortejo a ser realizado no dia 06 de Janeiro – Dia de Reis. Tradicionalmente, todos os grupos de reisado e outros da tradição popular saem às ruas de Juazeiro do Norte, para comemorar. Neste ano, eles estarão reunidos em um novo grande cortejo.

Notícias Relacionadas

Os comentários estão fechados




© 2015 CN CARIRI - Todos os direitos reservados.
Projetado por: Onsize Desenvolvimento de Sistemas Ltda