Ex-prefeito de Mauriti, Isaac Júnior, tem bens bloqueados pela justiça

Quem prepara defesa sobre sua gestão à frente da Prefeitura de Mauriti é o ex-prefeito Isaac Júnior. O petista responde a processo movido pelo Município sob a acusação de improbidade administrativa, com desvio de recursos.

A base da denúncia é um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), onde Isaac Júnior é citado por receber 100% do valor referente a construção de um sistema de resíduos sólidos, sem a conclusão da obra. Na decisão, o juiz Diogo Altorbelli Silva de Freitas, decretou a indisponibilidade dos bens e a suspensão dos diretos políticos.

Isaac Junior e o ex-secretário Francisco Aécio da Nóbrega, tiveram os bens bloqueados no valor de R$ 87 mil para ressarcimento aos cofres públicos. Na decisão, proferida no dia 14 último, cabe recurso, apesar da indisponibilidade ser mantida. É esperar o resultado definitivo.

Notícias Relacionadas

Os comentários estão fechados




© 2015 CN CARIRI - Todos os direitos reservados.
Projetado por: Onsize Desenvolvimento de Sistemas Ltda