Superstar: Bruno Boncini comenta assédio dos fãs da Malta

Milhões de seguidores nas redes sociais, shows lotados e fã clubes por todo Brasil. Isso resume um pouco a Malta, campeã da primeira edição do SuperStar, hoje em dia. O vocalista Bruno Boncini conta que o público deles não tem idade. “Tem uma galera mais jovem, mas a gente vê no nosso show um pessoal de 40, 50, até 60 anos. Vovó levando netinho”. Com tamanho sucesso, o assédio inevitavelmente aumentou, mas nada que incomode. Pelo contrário, Bruno diz que fica feliz ao ver o trabalho da Malta sendo reconhecido. “É tão legal ver que a pessoa está emocionada com o que você faz que não tem nem como você se sentir invadido. Todo carinho de fã é uma coisa positiva”, afirma.

O vocalista conta que, no geral, os fãs da banda são sempre muito tranquilos e que, mesmo com os mais intensos, não há problemas. “Lógico que tem sempre uma galera que chega um pouco mais emocionada, mas a energia é tão boa, é um negócio tão verdadeiro que quebra qualquer situação chata”, explica ele.

Por falar em fãs, eles já estão ansiosos por novidades. Bruno adianta que um novo álbum já está no forno e quase pronto pra ser lançado. “Agora a gente está preparando nosso segundo CD. Já temos também três possíveis singles. Vem coisa bacana por aí”, despista. Ele diz que a ideia era trabalhar o primeiro disco – Supernova – por mais tempo, porém uma galera já estava pedindo por coisas novas.

“Aconteceu tudo muito rápido. Disco de ouro em um dia, uma semana já era platina. E aí depois de seis meses, já queriam música nova. Normalmente você trabalha um disco um ano, um ano e meio. Mas não vamos perder o embalo, não”, avisa o músico.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






© 2015 CN CARIRI - Todos os direitos reservados.
Projetado por: Onsize Desenvolvimento de Sistemas Ltda